“Os fatos coletivos só se interpretam pela análise dos episódios particulares.”

Rui Barbosa

Com a reforma sindical, e a falta de recolhimento da contribuição obrigatória em março, conseguimos precarizar as entidades sindicais.

Se por um lado o trabalhador entende que economizou um dia de trabalho no ano não contribuindo, por outro também ficou sem representatividade.

Pode até ser que alguns sindicatos não mereciam o dia do trabalhador, mas não podemos fazer tal afirmação, pois nem todos são ruins, nem todos são bons e a conta negativa chegou para todos.

A entidade sindical, sendo assistencialista, garante na negociação coletiva anual com o setor patronal, pelo menos a reposição da inflação do período dos últimos doze meses.

E o que seria este assistencialismo? Colônias de férias para lazer, assistência jurídica, conferência e homologação das rescisões de trabalho garantindo ao trabalhador seus direitos. E estes serviços com verbas advindas desta receita.

Mesmo com esta precarização e uma queda na arrecadação em mais de 2.000% em relação ao ano anterior (sim, não erramos no percentual – vocês não imaginam o susto quando vi esses números), o SINSESP ainda está conduzindo negociações com alguns segmentos econômicos.

Parece-nos que os Profissionais em Secretariado, Assistentes e Assessores não se dão conta disso, mas estamos por perder os direitos e garantias conquistadas há tantos anos.

Não tendo reconhecimento, a solução é buscarmos outros caminhos.

Somente um ato misericordioso dos profissionais poderá mudar esse quadro.

E Misericórdia como sendo um sentimento de compaixão pelas causas nobres da profissão, por aqueles que precisam desse assistencialismo.

Sendo solidário com a lei de regulamentação, benevolente com o interesse de todos que pertençam ao mesmo grupo de trabalho.

Sendo misericordioso com o Secretariado você estará pronto para ajudar o outro, sem segundos interesses e valorizando sua profissão.

Se você leu este artigo e quer saber como ser misericordioso com o Secretariado, entre em contato conosco! Temos vários caminhos para sugerir.


Isabel Cristina Baptista

Presidente SINSESP – Gestão 2016-2020

Comente usando o Facebook

Veja Também